Você está aqui:Home » Apologética geral » Área dos leitores » O engodo do ensino e doutrinação marxistas

O engodo do ensino e doutrinação marxistas

Marxism-Communism-Socialism-FascismIrmãos, queria deixar apenas um testemunho simples de uma experiência recente.

Eu estudo História na USP e, como devem saber, estamos constantemente em greves, manifestações e piquetes. Quando os alunos entram em greve, os professores alteram seus cronogramas, cancelam provas e mudam trabalhos, normalmente por e-mail através de alguns grupos de alunos. Eu, que sou naturalmente reconhecido como cristão praticante e, portanto, reacionário, tive problemas esse ano de obter informações dos professores. Alguns alunos simplesmente não apenas negavam-se a responder, como também faziam questão de escrever para que ninguém mais me respondesse. Como estou no último semestre da graduação, me bateu o desespero. Fiz algo impensável, criei um fake com a bandeira de partido comunista (um nome fictício de um jovem) e um fundo comunista e adicionei o grupo. Além de obter a resposta de todas as minhas dúvidas em menos de 5 minutos, e aqui jaz o motivo de meu testemunho, em menos de uma semana, 250 pessoas (de todos os lugares do Brasil) me adicionaram, super calorosas e em busca de compartilhar as lutas e esse número aumenta diariamente, incluindo jovens, senhores, e pessoas de todos os lados.

O fundamentalismo deles os torna cegos e intolerantes com os demais, mas eles são organizados e calorosos entre si. Nós, que compomos ou queremos compor a Noiva de Cristo na Terra, somos menos calorosos entre si e, raras vezes nos damos o trabalho de compartilhar nossos testemunhos e nossas lutas com nossos irmãos. Se continuarmos assim, distantes e frios entre nós mesmos, jamais teremos chances de apresentar o Exemplo de Cristo, divulgar o Evangelho a todos os cantos da Terra, nossos frutos não exalarão aroma agradável ao Senhor e muitas, mas muitas pessoas, se desviarão diante da recepção enganosa da doutrina marxista.

A grande maioria não tem consciência do perigo dessa postura da sociedade. Quando começar a perseguição (e é evidente que passaremos por isso), haverá uma verdadeira peneira na Igreja segregando aqueles que estavam fortalecidos na fé daqueles que edificaram sua fé em solo arenoso. Aqueles que estiverem envolvidos com o Corpo de Cristo terão mais chances de sobreviver do que aqueles que enfrentarem sozinhos a essas adversidades.

A decrépita mentalidade de Marx está espalhada e bem difundida por aqui e pelo mundo. Ciências humanas, então, não se consegue mais imaginar sem a doutrina do materialismo histórico e suas derivações. Mesmo na Psicologia, Marx está fortemente presente e bem casado com Freud a partir da Escola de Frankfurt. Um dos grandes problemas é que não conseguem entender que Marx pode até ser ainda a maior referência de desconstrução do capitalismo, porém não o é de reconstrução de um outro sistema/ordem. Como muitos estão contra o capitalismo, acabam optando pelo marxismo e suas derivações por não conhecerem nada que se oponha ao dualismo direita-esquerda.

Marx já foi refutado várias vezes em diversos pontos de sua ideologia, no entanto, o problema não reside simplesmente na teoria do marxismo, mas no fundamentalismo e nível que ela alcançou, muito difícil de distinguir de qualquer outra doutrina religiosa.

Os marxistas enxergam o mundo e vivem através de Marx, seus comportamentos são modelados pela doutrina e seus objetivos de vida interligados a ela. É impossível analisar Marx no mesmo patamar que Adam Smith, Hegel, Kant, Braudel, etc.. ele se tornou algo maior, independente de intelectualidade, sustentado por uma fé em uma complexa série de auto-reinterpretações da doutrina.

Por: Equipe do Logos Apologética

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1276

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo