Você está aqui:Home » Teísmo/Ateísmo » Refutações » Réplica à roqueira Angela Gossow

Réplica à roqueira Angela Gossow

1230366555971_f
Esta réplica é uma resposta a este post. As resposta de Gabriel Marques estão depois de cada citação.

Qualquer nação civilizada irá aderir à regra de direito e processar violadores de crianças em toda a extensão da lei, independentemente da pressão do Vaticano para proteger padres pedófilos.

– Aqui começa a picaretagem do texto. Não existem provas que o Vaticano acobertou padres pedófilos, todos são inocentes até que se prove o contrário. Os padres foram julgados e aqueles condenados tiveram suas devidas sentenças, os inocentados (pela mesma questão legal que qualquer tribunal), foram liberados e trocados de paróquia, aqui é onde fica a falsa crença da acobertação de pedófilos.
Qualquer líder religioso que não pode sequer lidar com palavras contra ele, ou desenhos animados, sem recorrer à vingança assassina ou penas de prisão brutais claramente é fraco e teme uma crise de fé do individuo moderno, educado, livre-pensador e cientificamente informado do século 21.
– Outra picaretagem. O autor cria uma falsa oposição entre “o individuo moderno, educado, livre-pensador e cientificamente informado do século 21” e o “religioso”. É um preconceito puro e simples. Ou seriam gênios modernos como Alvin Platinga homens atrasados e anticientíficos. Como certas pessoas que se dizem “maduras” e “adultas” podem inferir que filosofia e teleologia tem alguma rixa contra a ciência, como se o “porquê” e o “como” fosse algo a mais senão complementares no conhecimento humano? Isto é tão chulo que não espero que o autor tenha achado que alguém ia cair nessa.
 Venere como você quiser, queridos amigos religiosos, mas não nos digam o que vestir, quem amar, o que ensinar em nossas escolas. Não tentem restringir nossos direitos à contracepção, ao aborto, ao casamento com quem nós escolhemos, divórcio ou relações sexuais consensuais fora do casamento. Sua obsessão com a vida sexual de outras pessoas revela o sua própria perversão e constantes pensamentos sujos.
– Mais uma picaretagem. A religião só vai contra essas práticas FEITAS POR RELIGIOSOS, exceto o aborto, que não é uma questão religiosa, é uma questão ética, algo que vai contra o preceito de não-agressão e a liberdade de todos os seres vivos (e destinados à vida, como no caso dos nascituros).
 Parece ridículo ter de defender estes direitos, direitos básicos
– Matar nascituros é um direito básico? Este texto vai contra a própria biologia, por favor.
Para mim, os direitos humanos caminham lado a lado com o ateísmo.
– Pol Pot, Stalin, Elías Calle, Canabal, Mao Tsé Tung, Kim Jong-il, entre milhares de outros líderes de ateocracias mandaram um forte abraço para o autor com memória fraca. Self-selling grupal ridículo e de uma autoajuda terrível.
Os ateus não podem ter alguma tradição religiosa insana responsável por seus atos horríveis contra a humanidade. Nós somos totalmente responsáveis por tudo o que fazemos. Até que isso não se aplique a todas as religiões em uma base mundial sinto que a religião é realmente a raiz de todo mal.
– Já disseram os judeus ateus criadores daquele desenho politicamente incorreto chamado “South Park”: Guerras e atrocidades continuarão, independente da crença. O ser-humano é um ser violento por natureza, não necessita de ser condicionado, apenas de ter um motivo. E motivos existem em todos os lugares.
 Do ponto de vista científico, há uma abundância de evidências concretas de que deus não existe,
– Meu santo Gödel, mas que afirmação anticientífica. Cite uma, por favor. Ah! Aliás! Cite o porquê de todas as teorias que na verdade PROVAM a existência de Deus são falsas (ou você realmente acha que Lorentz e sua teoria do tempo é uma teoria a ser esquecida? A física chorou).
mas nenhuma evidência forte que existe um deus.
– Ah sim, porque a necessidade de criação das espécies, sugerida por inúmeros conselhos americanos de biologia após 30 anos de falha nas tentativas de recriar a abiogênese, simplesmente são jogadas no lixo por uma agenda antirreligiosa que procura SE APROPRIAR da ciência.
Eu tenho uma mente racional e científica.
– Self-selling.
É a nossa vaidade humana que nos faz ter esperança de que somos ‘os escolhidos’ por alguma divindade.
– Falácia genética, tenta achar uma origem para a crença e, com base nela, tentar refutar. Problemas? Apenas dois:
1 – É impossível se achar uma origem para uma corrente filosófica, só especular sobre ela.
2 – É impossível falsificar uma crença baseada em suas origens, constitui uma falácia lógica.
Nós somos simplesmente um resultado de uma evolução de tirar o fôlego, Darwin, Teoria do Caos… Nem mais, nem menos.
– Aqui ela clama por Darwin. Sinceramente, alguém que crê na origem das espécies de Darwin (que implica em abiogênese, visto que o resto não constitui ORIGEM e está correto) com certeza é o único cuja fé pode ser refutada, pois falha no método científico (Uma crença que faz o pobre do Pasteur se revirar no túmulo, coitado).
Procure no Google por Richard Dawkins e assista a alguns dos seus documentários.
– Não seria melhor procurar “BBB” e fritar o cérebro de uma maneira menos prejudicial?
Altamente recomendado para quem busca o conhecimento.
– …conhecimento em como ser um infantiloide que não entende bulhufas de lógica e filosofia, apropria da ciência e ama uma autoajuda.

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1224

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo