Você está aqui:Home » Apologética geral » Críticas e resenhas » Manual de Evidências Cristãs: Fisher, Capítulo 1 Leitura Guiada

Manual de Evidências Cristãs: Fisher, Capítulo 1 Leitura Guiada

Uma imagem que eu tomei de um caminho através dos bosques. Todos os direitos reservados.

Estou conduzindo uma leitura guiada do Manual de Evidências Cristãs de George Park Fisher. Está livremente disponível online (em inglês) e servirá como uma base para discutir a apologética cristã ao longo desta série. Os capítulos são curtos e legíveis. Encorajo-vos a aderir, lendo os capítulos e comentando com os vossos pensamentos. Quando eu discutir o livro, vou estar citando números de página da edição ligada acima.

Capítulo 1

É sempre importante ao ler um livro de não-ficção para encontrar a tese. O que George Park Fisher está tentando realizar com seu Manual ?

ALERTA DE SPOILER (har har): a resposta é que ele está tentando estabelecer a veracidade das “histórias do Novo Testamento” (2). Eu acho que uma pergunta valiosa para seguir tal declaração com é “e daí?”

Suponhamos que Fisher tenha sucesso e mostre que as histórias do NT são confiáveis, alguns estudiosos continuariam argumentando que isso não demonstra o milagroso nele contido (como eu tenho certeza que Tim pode atestar, dados seus recentes debates com Bart Ehrman)? Ou seja, não muitos historiadores dizem que podemos confiar nos documentos do NT como história, mas não precisamos confiar nos milagres nele?

Eu acho que uma possível resposta a isso é realmente encontrada em outro trabalho por um apologista falecido, JJ Blunt. Em suas “Coincidências não projetadas”, ele observa que “ao estabelecer a verdade dos incidentes comuns que envolvem o milagre, que circundam o milagre ao redor, e que não pode ser separado do milagre sem a total laceração da própria história, chega muito perto de estabelecê-lo”. (JJ Blunt,” Coincidências não projetadas nos escritos tanto do Antigo quanto do Novo Testamento: um argumento de sua veracidade”, New York: Robert Carter & Brothers, 1855).

Curiosamente, esta não é tanta a tática que Fisher usa daqui em diante. Ele poderia defender o valor de tal estudo, observando que, devido à forma como alguns dos relatos milagrosos estão embutidos nessas histórias do NT, não podemos extirpar o milagroso sem fazer a coisa toda absurda. Isto é, o milagre é parte da história. No entanto, ele opta por uma abordagem diferente, como veremos nos próximos capítulos.

O que você acha disso como uma resposta? Que outras respostas poderiam ser possíveis? Além disso, o que outros pontos neste capítulo vieram à mente para você?

Aprenda a entender a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, no conforto de seu lar, em seu computador, tablet ou celular e com um professor à sua disposição

(Veja COMO FUNCIONA, assista o vídeo até o final)

Fonte: https://jwwartick.com/2016/05/02/fisher-1/
Tradução: Emerson de Oliveira

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1224

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo