Você está aqui:Home » Filosofia » A Bíblia foi copiada dos sumérios?

A Bíblia foi copiada dos sumérios?

A Bíblia foi copiada dos sumérios?

Uma das alegações mais comuns no arsenal do ateísta (já que existem ateus bem informados que não caem nessas mesmas ciladas dos ativistas ateus) é que a Bíblia, mormente Gênesis, foi copiada de mitos sumérios (ou babilônicos, conforme for a variação do ateísta). Será que isso é simplesmente verdade?

Esta é uma alegação muito comum e que os ateístas e céticos adoram, como seu webmaster Erik Parker, e Martell Jason. Os ateítas amam reciclar velhas alegações já emboloradas, só para ludibriar uma nova geração com afirmações infundadas. Como eu já escrevi aqui antes esta ideia era muito comum no final do século 19, devido principalmente a duas forças históricas: (1) a novidade da decifração do material cuneiforme, alguns itens dos quais soaram como histórias do Gênesis, e (2) o antisemitismo abundante na maior crítica dos estudos bíblicos. Hoje, no século 21 (e pode-se dizer desde meados do século 20), os estudiosos do acadiano e sumério não detêm essa visão. Eles apenas sabem melhor, pois eles têm uma compreensão muito mais precisa do acadiano e sumério, bem como a linguística semitas. Ateístas e críticos simplistas não estão preparados para isso e por isso continuam a propagar as velhas alegações do século 19.

A Universidade de Chicago graciosamente postou um novo e-book no site ABZU intitulado “De Babilônia a Bagdá:. Iraque antigo e Ocidente moderno” É gratuito, e assim aqui está um link para ele . Eu recomendo (a menos que você seja fundamentalista antiteísta) ler o artigo “A Gênese do Gênesis” por Victor Hurowitz. Eu inseri um hiperlink para a página no Índice. Hurowitz é professor da Universidade Ben Gurion, em Israel (e, portanto, não se pode dizer que ele foi “influenciado por cristãos”). Ele é um reconhecido especialista na interface da Bíblia hebraica e assiriologia, e atua no comitê diretivo do projeto Melammu , que se concentra no estudo do patrimônio intelectual da Assíria e da Babilônia no Oriente e no Ocidente moderno.

Adivinhe: ele não concorda com os ateístas e outros críticos e seus seguidores de que Gênesis veio de obras sumérias e acádias. Isto é um tremendo choque.  Há destaques (em amarelo) no PDF no link que você não pode perder. O que é ainda melhor é que o artigo também inclui citações do  assiriólogo Wilfred Lambert que dizem a mesma coisa. Quem é Lambert? Ele é um dos estudiosos que críticos da Bíblia gostam de citar em seus livros para criar a impressão de que estão está fazendo pesquisa séria quando não estão.

Mas, por favor leia-o por si mesmo. Sim, existe uma relação entre as obras como Enuma Elish e o livro de Gênesis – porque ambas vieram do antigo Oriente Próximo, e não por causa da dependência literária. Como o artigo indica, os paralelos reais para Gênesis e o material não bíblico não vêm da Mesopotâmia, pois eles vêm de Ugarit. Isso é algo que qualquer um que já viu o site divine council já sabe, já que lá o indica tempo todo.

Não há antídoto contra as diatribes e forjicações dos ateístas desinformados, que sempre trazem velhas alegações e críticas já embotadas. Mas, como qualquer medicamento, você tem que tomá-lo antes para que possa ajudá-lo.

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1212

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo