Você está aqui:Home » Atualidades » Professor comenta sobre o Escola Sem Partido

Professor comenta sobre o Escola Sem Partido

escola-sem-partidoSou professor e sou 100% a favor do Escola Sem Partido. Quem diz que não acontecem tentativas de doutrinação esquerdista nas escolas é ignorante ou mentiroso, simples assim.

Sobre os tópicos apresentados na imagem do post, foram elaborados para confundir e não para esclarecer. O projeto do Escola Sem Partido é tão claramente justo que o único recurso que resta para os que lhe são contrários é confundir as pessoas. Qualquer um de bom senso e bom caráter lhe será favorável se o conhecer bem.

1) O professor será colocado sob vigilância?
R: Depende. Por exemplo, um tipo de “vigilância” já acontece hj mesmo, pq o professor deve ensinar a ementa proposta no plano de ensino. Professores que usam a sala de aula para ensinar a disciplina e não para fazer propaganda de partido não precisarão se preocupar com “vigilâncias”.

2) O projeto é contra a “ampla aprendizagem”?
R: Depende. Se o doutrinador esquerdista utiliza o termo “ampla aprendizagem” para significar doutrinação partidária, então sim, o projeto é contra esse tipo de “amplitude”. Eu tb sou contra! A maioria dos brasileiros tb é contra. Só são a favor os maus professores doutrinadores esquerdistas do inferno.

3) O projeto confunde a educação escolar com a fornecida pelos pais?
R: É justamente o contrário! Quem confunde isso são os doutrinadores esquerdistas, que deixam a ementa das disciplinas de lado para tentar jogar filhos contra os pais, usando o espaço da sala de aula para promover doutrinação partidária e guerra cultural, minando a autoridade dos pais e ensinando contra-valores familiares.

4) O projeto é contra o estado laico?
R: Mentira. Quem escreveu isso está de má fé ou não conhece o significado do termo. Estado laico não é sinônimo para estado ateísta. A escola não tem que doutrinar alunos para uma religião específica, da mesma forma que não tem que doutrinar alunos contra as religiões. Entretanto, se é verdade que o estado não tem uma religião, é fato que as pessoas têm uma religião sim. Os doutrinadores esquerdistas travestidos de professores devem respeitar essas pessoas, a constituição lhes garante o direito de terem suas crenças respeitadas.

5) O projeto impede o pluralismo de idéias?
R: Mentira! É justamente o contrário disso. Quem impede o pluralismo de idéias é o professor doutrinador esquerdista que quer clonar no aluno a sua visão distorcida do mundo.

6) O projeto impede o pluralismo de “concepções pedagógicas”?
R: Se o doutrinador esquerdista usa esse termo para denotar o projeto gramscista de doutrinação partidária, como se métodos de doutrinação e lavagem cerebral fossem “concepções pedagógicas”, então sim. Nenhum brasileiro quer que seu filho seja submetido a esse tipo de “concepção pedagógica” de adestramento.

7) O projeto nega a liberdade de cátedra?
R: Isso nem é mesmo preciso, porque a própria Constituição Brasileira vigente já nega isso. Simplesmente não existe essa liberdade total e irrestrita para o professor fazer o que quiser e ensinar o que quiser na sala de aula. Fosse assim ele nem teria que cumprir a ementa da disciplina.

Essa corja esquerdista fala demais de liberdade e democracia mas são todos amantes do autoritarismo e das ditaduras. O projeto Escola Sem Partido só assusta os maus professores e o fato de terem tantos incomodados com o projeto só testemunha a sua necessidade urgente.

Por: https://www.facebook.com/walace.rodrigues.731?fref=ufi

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1224

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo