Você está aqui:Home » Teísmo/Ateísmo » Refutações » Detonando o “Universo Racionalista”: A Bíblia e suas 463 contradições

Detonando o “Universo Racionalista”: A Bíblia e suas 463 contradições

Mais uma vez esse site ateísta propagandista tenta criticar a fé cristã, desta vez usando um gráfico manjado de um ateu americano. Vamos responder às alegações deles aqui. Como já comentei na postagem deles, o cúmulo do oxímoro é ateísta que alega que o universo é sem ordem e caótico ter uma página chamada “universo racionalista”. AHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA. Putz grila. Foi exatamente por causa da fé cristã e a crença num universo racional e ordenado que os cientistas cristãos medievais começaram a desenvolver o método científico (que não foi desenvolvido por mentes ateístas nem num universo ateísta). Chupa.

Assim chegamos ao BibViz (Bible Visualization), um site que reúne trabalhos anteriores em um surpreendente gráfico interativo que permite conhecermos as contradições da Bíblia, além de outros tópicos curiosos que estão presentes nesse tipo de leitura.

Para começar, vamos esclarecer a realidade referente às Sagradas Escrituras que o Concílio Ecumênico Vaticano II ensina o que o erudito bíblico, o padre John Echert, afirma.
Resposta do Pe. John Echert em 20/12/2007 (EWTN):
“*A Igreja ensina formalmente que as Sagradas Escrituras são absolutamente sem erro. ** Este ensinamento não é chegado indutivamente – ou seja, que um estudo cuidadoso de toda a Bíblia não revelou discrepâncias ou dificuldades – mas segue do fato de que Deus é o último Autor da Bíblia e a falsidade é incompatível com a própria Verdade . ** Conforme ensinado pelo Concílio Vaticano II: Os livros inspirados ensinam a verdade. “Uma vez que, portanto, tudo o que os autores inspirados ou os escritores sagrados afirmam devem ser considerados como afirmados pelo Espírito Santo, devemos reconhecer que os livros da Escritura firmemente, fielmente e sem erro, ensinam a verdade que Deus, por causa da nossa salvação, desejava ver confiado às Sagradas Escrituras “. *

Também recomendo a leitura do Dei Verbum, para quem realmente quer pesquisar o assunto e não ficar preso a um poster simplista ateu.

“E quanto a todas as contradições na Bíblia?” Se você compartilhar sua fé ou mesmo se você quiser acreditar que a Bíblia é verdadeira, mais cedo ou mais tarde você ouvirá essa resposta. “Como você pode acreditar em algo que tem tantas contradições nisso?” A objeção é projetada para ser uma tela de fumaça, uma distração. No entanto, não deve preocupar muito o cristão. Veja, a Bíblia é, com toda probabilidade, o livro mais pesquisado na história. Não conheço nenhuma outra obra escrita que tenha sido submetida ao grande volume de exame crítico, como a Bíblia, tanto dos defensores como dos detratores. No entanto, a Bíblia perdura. Os vários erros que as pessoas afirmam por isso geralmente são fáceis de responder e foram respondidos por muitos anos.

BibViz

Tudo começa com o trabalho de Chris Harrison, um gênio da computação que dedicou alguns anos de sua vida para a criação do ‘Bible Cross-References’, um compêndio impressionante de referências cruzadas da Bíblia, adaptado a um gráfico que mostra a brutal quantidade de conexões que existem no livro.

O que já por si deveria impressionar qualquer ateísta e cético. Quer começar? Pra começar, a Bíblia é um conjunto de livros escritos num período de 1600 anos por 40 autores diferentes. Ora, NENHUM livro ou coleção de livros humanos chega perto dessa estatística e precisão. Preciso ir mais além? Só esses fatos por si mesmos já comprovam algo incrível sobre a Bíblia (lembre-se: mais de 40 autores por período de séculos). Muitos livros humanos saem de circulação em 7 anos. Não é à toa que os ateístas tem tanto trabalho em tentar detratá-la.

Mas, além das contradições, o gráfico algumas passagens e referências sobre questões referentes a crueldade, a violência, a misoginia, as contradições científicas, as imprecisões históricas e a discriminação contra as mulheres e os homossexuais.

É interessante para ateístas que alegam que o universo é caótico e sem propósito e que não “existe bem ou mal” e que tudo é relativo tentando alegar o que é bom ou mau. Mas vamos lá.

Como se isso não bastasse, o site também coleta dados demográficos dos Estados Unidos e sua relação com a religião.

Queria que fosse honesto ao mostrar os ateístas (lembrando que não estamos falando de todos os ateus aqui e sim de ateístas) e seu comportamento antirreligioso. Basta citar a famigerada Freedom From Religion Foundation (uma versão bizarra da ATEA) que tenta oprimir a religião. Patético.

David explica que criou o BibViz porque sua família é extremamente religiosa e que, depois de várias conversas intermináveis, ele se viu disposto a criar um lugar para acoplar referências para qualquer pessoa que buscasse se respaldar na Bíblia.

Típico. Como amplamente sempre respondemos a essas alegadas “contradições” bíblicas (que são somente falta de exegese e de um estudo sério e rigoroso), também mostramos que muitos desses “ateus” na verdade o são por motivos emocionais e não “científicos” ou “lógicos”. A ciência e a lógica não deixam ninguém ateu, pelo contrário. Respeitamos pessoas que alegam que Deus não existe por questão de evidências. Mas isso sempre demonstramos. O que não respeitamos são antirreligiosos.

Também há o ótimo Descontradizendo Contradições que responde à “Bíblia do Cético”.

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1378

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo