Você está aqui:Home » Apologética geral » Desculpem-me, fãs do “Deixados para trás”, mas o arrebatamento não está na Bíblia

Desculpem-me, fãs do “Deixados para trás”, mas o arrebatamento não está na Bíblia

ta1wbuo0njxzgmw6g0ycvbvaixzboc9ohm6jqpfd-n_qsnqkupai_tq-b6uttyfjcv2vozmd1jh8z8qu87imvvt7ji9oDe fato, se alguém está sendo arrebatado, não são os bons.

Pergunta: Um amigo meu está lendo esses livros “Deixados para trás” (Left Behind) que têm todas essas coisas sobre o “arrebatamento”. Existe realmente um “arrebatamento”, como esses livros falam?

Resposta: Não. O “arrebatamento” refere-se a uma passagem em I Tessalonicenses 4, onde os cristãos são “levados” nas nuvens, para o encontro do Senhor nos ares. Muitos cristãos acreditam, e os livros do “Deixados para trás” promovem, que esse “apanhado” para se encontrar com o Senhor irá ocorrer antes da Grande Tribulação em algum momento no futuro próximo. Os cristãos vão simplesmente desaparecer, conhecer Jesus em algum lugar no ar, e depois voltar com ele para o céu para esperar o fim dos tempos.

Mas note que no versículo 15, Paulo diz que “… nós, que estamos vivos, que ficarmos” seremos arrebatados. Este é um ponto muito importante a salientar aos entusiastas do arrebatamento. Aqueles que são “deixados” é que serão levados ao encontro do Senhor. Tenha isso em mente quando examinarmos estas próximas duas passagens bíblicas.

Os livros do “Deixados para trás” baseiam o seu nome a partir de uma passagem em Lucas 17, e uma passagem semelhante em Mateus 24, que compara a vinda do Senhor para os dias de Noé e os dias de Ló. Mateus 24 coloca desta forma: “Como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem… [eles comiam, bebiam, casavam] e eles não sabiam até que veio o dilúvio e os varreu a todos , assim será também a vinda do Filho do homem. Em seguida, dois homens estarão no campo, um será levado e um será deixado. Duas mulheres estarão moendo no moinho, uma será levada e uma será deixado”.

“Um é levado e outro fica” – isto é o arrebatamento, certo? Jesus leva os cristãos e deixa para trás os não-cristãos!

É assim que os entusiastas do arrebatamento interpretam essas passagens. Bem, você precisa dizer a eles: “Não tão rápido, pessoal”. Há dois problemas com essa interpretação protestante do “Deixados para trás”: Em primeiro lugar, nas passagens de Lucas 17 e Mateus 24, a vinda de Jesus é comparada com os dias de Noé e os dias de Ló. Vamos pensar sobre isso por um momento. Depois do dilúvio, quem foi deixado? Noé e sua família – os mocinhos. Os maus foram tomados e os mocinhos foram deixados para trás. Depois de Sodoma e Gomorra foram destruídas pelo fogo, quem foi deixado? Ló e suas filhas – os mocinhos. Os maus foram tomados e os bons foram deixados para trás!

O segundo problema com a interpretação do “Deixados para trás”, tem a ver com o que eu mencionei acima: 1 Tessalonicenses 4 diz que aqueles que são “deixados” vão a se encontrar com Jesus no ar. Você quer ser deixado para trás. Por quê? Porque aqueles que são deixados para trás vão a se encontrar com Jesus em Seu retorno à Terra. Mais uma vez, quando você coloca 1 Tessalonicenses 4, juntamente com Mateus 24 e Lucas 17, torna-se bastante evidente que os bons são aqueles deixados para trás ao encontro de Jesus.

E, se precisar de mais uma prova, há uma passagem em Mateus 13 que praticamente sela o acordo. Mateus 13,39-43, “… o inimigo que o semeou é o diabo; a ceifa é a consumação do século, e os ceifeiros são os anjos. Pois, assim como o joio é colhido e lançado ao fogo, assim será na consumação do século. Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes. Então, os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”.

Então, quando a Escritura diz que “um é tomado e outro é deixado”, como acontece em Lucas 17 e Mateus 24, ela não está falando sobre o arrebatamento. Ela está falando sobre a colheita no fim do mundo. Os que são tomados, como diz em Mateus 13, são os malfeitores. Os anjos lhes tomaram e os jogaram na fornalha de fogo. Assim, os livros do “Deixados para trás” entenderam errado exatamente 180 graus. Os justos não são aqueles que são tomados e levados, são os malfeitores. Os que são deixados para trás são os que conseguem ser levados nas nuvens, ao encontro de Jesus no ar em Sua Segunda Vinda, quando Ele vai trazer todos os anjos e santos com Ele e haverá um novo Céu e uma Terra nova.

Em outras palavras, não haverá Arrebatamento como o que os livros do “Deixados para trás” descrevem. Os livros do “Deixados para trás” ensinam o contrário do que a Escritura realmente diz.

John Martignoni é um apologista católico de renome nacional e estudioso da Bíblia. Ele é o fundador e presidente da Bible Christian Society, onde você pode encontrar muito material livre de apologética  – CD, mp3 downloads, e-newsletters, e mais, e apresentador do programa “Linha Aberta” da EWTN a ser exibida em segundas-feiras às 15:00 EST. Ele também é Diretor do Escritório da Nova Evangelização na diocese de Birmingham, Alabama.

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1307

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo