Você está aqui:Home » Apologética geral » Como amar a Jesus e a religião

Como amar a Jesus e a religião

Como amar a Jesus e a religião

Patrick: Olá, eu sou Patrick Hoffman, âncora do programa de rádio e internet Respostas Católicas. Eu gostaria de dar algumas respostas, uma vez que tantas pessoas vem perguntando através de nosso site e do meu blog Patrick Hoffman.net a respeito do vídeo que está circulando por aí de um jovem poeta protestante, um vídeo chamado Eu amo Jesus, mas odeio a religião. Diz que Jesus veio para acabar com as religiões, que a religião está de um lado e a verdade de Jesus e do Evangelho está de outro.

Mitos:

Jesus odiava religião e veio para acabar com ela.

Religião causou tantas guerras.

Pessoas religiosas dizem para as mães solteiras que Deus não as ama.

No Antigo Testamento, Deus chama as pessoas religiosas de prostitutas.

Jesus e religião estão em polos opostos; um é a obra de Deus. O outro, uma invenção humana.

Uma é a cura, a outra a infecção.

Patrick: O que nós católicos, e mesmo outros cristãos, podemos dizer para responder a isso? Bem, aqui vai nossa resposta, em low tech. Não temos grandes aparatos tecnológicos, não temos um grande orçamento nem uma equipe de filmagem, mas temos a verdade. Nós temos a Sagrada Escritura, a qual lhe dará alguma evidência bíblica sobre todos os pontos  levantados. Existem meias-verdades naquele vídeo,  com algumas você consegue concordar, já com outras está tão óbvia a distorção que você não pode negar que são antibíblicas. Então, nós vamos colocar isto no Preto no Branco, e para me ajudar tem aqui alguém que está vestindo de preto e branco, com ótima apresentação. Tenho aqui a Irmã Míriam do Cordeiro de Deus,  que foi a fundadora da Ordem dos Cordeiros de Deus. Irmã, é ótimo tê-la aqui. Aliás, tê-la de volta aqui em San Diego. Estou contente de estar aqui.

Nós acabamos de ver o vídeo, eu o vi algumas vezes, você também viu, você nasceu de uma família judia em Nova Iorque, foi protestante evangélica por alguns anos, tentou pregar aos católicos e tirá-los da Igreja. Agora como católica, não somente fiel, mas fundadora de ordem religiosa, o que está  errado com o vídeo? Qual é a sua resposta ao que você assistiu?

Irmã Míriam: É uma falta de entendimento a respeito do que é religião. Durante os 18 anos em que fui uma protestante evangélica, eu também dizia que Deus não nos criou para uma religião, mas para um relacionamento com Ele. Eu descobri, depois que vim para a Igreja Católica, que a realização dos deveres está em completa harmonia com o cristianismo, aliás, alguém não pode ter um maior relacionamento  pessoal  com Nosso Senhor Jesus Cristo do que  sendo católico, e que esta é, sem dúvida, a verdadeira religião. A religião que o Senhor fundou,  o conhecimento a respeito dele que Ele colocou dentro de cada alma, (Romanos 1, 19), mas através da Escritura, no Velho Testamento e no Novo, Deus “recomenda?” o povo para  Tiago, na Carta de Tiago, dizendo que,  hum, ha, eu tenho um versículo aqui que não consigo encontrar mas,  Tg. 1,26.  ( Se um homem entre vocês se considera religioso, ….. mas engana seu coração, sua religião é vã). Obrigada.

“Se alguém  entre vocês se considera religioso” e ele se considera, pois Deus colocou esse conhecimento nos nossos corações, ele nos fez a sua imagem e semelhança, ele nos fez para sermos como ele, para sermos religiosos, “ se alguém considera-se religioso, mas não segura sua língua” em outras palavras, se nossas vidas não dão os frutos daquilo que proclamamos, se tudo que fazemos é fazer religião, como o rapaz do vídeo diz, ele diz que tudo que fazemos é fazer religião, isso é um show externo, ou seja, vamos a missa aos domingos, mas vivemos durante a semana como se não houvesse um Deus, ele deveria ser contra isso. Agora, se a religião é verdadeira, e é através da boca que o coração fala, então isto permeará todas as nossas ações, e tudo que dissermos.

Patrick: O próximo verso, leia Tiago 1,27.

Ir. Míriam: “Religião….. E essa é a palavra de Deus” – “a religião que é pura e verdadeira perante Deus e o Pai é esta: socorrer  os órfãos  e as viúvas em suas necessidades, e se manter puro deste mundo.”

Patrick: Então você vê – a palavra é neutra, ou usada num sentido positivo na palavra de Deus?  Então, colocar Jesus  aqui, no lado positivo, em oposição à religião, do ponto de vista bíblico é evidentemente errado, certo?

Ir. Míriam: Certo. E foi Deus que deu a Lei a Israel, mas Ele disse: “seus corações estão afastados de mim. Não façam as obras da Lei e em seus corações…. Sim, ……

Patrick: E o poeta fala sobre isso algumas vezes.

Ir. Míriam: Mas Deus deu a Lei para que eles a vivessem de verdade, Ele diz eu não vim para abolir a Lei, o que algumas pessoas podem chamar de religião, o jovem o fez, mas  para completá-la. A Lei é para ser vivida no amor.

Patrick:  Jesus era um religioso judeu, ele ia a Sinagoga, como era costume. Ele não era oposto a modos formais de organizar e estabelecer cultos, então este é um outro indício que ele não era contra a religião, certo?

Ir. Míriam: Evidente. Nem Davi. Mas ele disse ao povo- vocês praticam tudo isso, mas seus corações estão afastados de mim. Quando Davi pecou, e confessou seus pecados, ele diz no Salmo 51- “restaure  em mim a alegria da Sua salvação, e então eu poderei oferecer sacrifícios novamente”. Eu não me livrei da religião, mas agora minha religião poderá ser verdadeira, eu poderei adorar sem hipocrisia, sem ser um hipócrita.

Patrick: Purificado, baseado na verdade, sem o desejo egoísta de viver uma vida dupla. Bem, deixe-me agora mudar o foco para a Igreja. Você fez uma jornada admirável até chegar onde está agora,  se alguém te dissesse que você estaria aqui hoje 10 anos atrás, você acharia engraçado?

Ir. Míriam: Ah, não. Não seria algo que me passaria na cabeça. Embora eu tenha tido dentro de mim o desejo o tempo todo, mas eu nunca teria adivinhado.

Patrick: No Novo testamento, quando Jesus diz, falando com os apóstolos, aqueles que vos ouvem ouvem a Mim, e aqueles que me rejeitam rejeitam aquele que me enviou” essa é uma identificação forte, uma identificação perfeita com a Igreja. Embora eu e você  sejamos pecadores, Jesus fez de nós sua própria noiva? Ele prometeu o Espírito Santo diversas vezes no Evangelho de João,  em Mateus capítulo 28  é dito que Ele nos promete que seu Espírito Santo estará conosco até o fim dos tempos, até que ele retorne. Você poderia falar um pouco  sobre como os pecados da Igreja e de seus membros de modo algum contradizem aquela unidade entre o Todo Poderoso e sua noiva.

Ir. Míriam: Foi Franchid, Patrick, quem fez uma linda declaração aonde diz que: “A Igreja é a causa da santidade de seus membros, mas sua santidade  não é medida pela resposta deles”.

Patrick: Devemos julgar o remédio pelas pessoas que o tomam, não por aquelas que  não o tomam.

Ir. Míriam: Sim, isso é verdade.

Patrick: E as pessoas que o tomam são os santos, certo?

Ir. Míriam: Sim. E veja, olhando, mesmo no que tange à Igreja, frequentemente são os cristãos que afastam as pessoas do cristianismo. Ah, mas eu aprendi que a Igreja é Cristo, nós somos a noiva de Cristo, Cristo é a cabeça, portanto, apesar dos pecados de seu povo, e ela é um hospital para pecadores, como esse jovem diz, ela é um hospital para pecadores. Mas, independentemente de nossa resposta, a Igreja é santa, e a Igreja é perfeita, e é sem pecados em seu núcleo, porque na sua essência a Igreja é Cristo. Nós precisamos trabalhar mais duro no que somos e em ser aquilo que dizemos ser, e em nos santificar, mas no seu núcleo a Igreja é santa, ela é perfeita.

Patrick: Nós temos que admirar a paixão desse jovem- gosto da dedicação dele, o fato que ele dedicou tempo a fazer o vídeo, embora seja  meio que uma arte ruim, algumas partes quase rimam, Eu gostaria que ele admitisse que está julgando, embora ele diga que não, porém todo o sentido de sua explanação é julgar as pessoas que se identificam como religiosas. Então, quer concluir?

Ir. Míriam: Bem, eu acho que ele está sendo sincero, e eu penso que a graça penetrou o coração daquele jovem rapaz, e a fé, em cada estágio, é um dom. E minha oração por esse jovem e por todos que pensam como ele, é que Deus faca com ele o que fez por mim: abra seus olhos para ver, abra seu coração para ver a completa grandeza da graça que Deus nos deu através da Igreja que ele estabeleceu.

Patrick: Então, quando ao final do vídeo, ele diz: Isto está consumado – em referência as últimas palavras de Cristo na cruz. Ele quer relacionar à religião, mas claro que Jesus ainda não havia ressuscitado dos mortos nem fundado a Igreja, pois ainda não havia enviado o Espírito Santo. Portanto, se você quer respostas a respeito desse vídeo ou qualquer outra coisa relacionada a Igreja Católica,  quer saber o que os católicos ensinam, ou o que acreditamos e porque, visite www.catholic.com. Temos um show de rádio ao vivo, o telefone está em algum lugar na tela, também as citações bíblicas estão  na tela em preto e branco, como a Irmã está em preto e branco, espero que seja útil, o telefone é este, eu sou Patrick Hoffman, de Respostas Católicas em Preto e Branco, esse é o site, e esperamos ter ajudado.

Outros versículos para consultar: 1 Timoteo 2,10

1 Timoteo 3,15-16

1 Timoteo 3,5

Mateus 16,16

Mateus 28, 19-20

João 14,26

Patrick: Mais uma coisa – tenho que beijar esta pessoa de preto e branco.

Ir. Míriam: Não consigo imaginar toda essa diversão quando se faz um vídeo. Você pode editar depois. Vamos ver – adoramos essa coisa de low-tech.

 Transcrição: Denise Hostin

 

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Número de entradas : 1242

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo