Você está aqui:Home » Apologética geral (página 47)

Área de apologética geral

O cristianismo ensina crença no destino?

DIFAMAÇÃO! CALÚNIA! Quando um membro respeitado da comunidade acha que um boato sujou seu nome ou sua reputação, ele se sente impelido a esclarecer as coisas. E talvez até leve os responsáveis à Justiça. O fatalismo nada mais é do que calúnia contra o Deus Todo-Poderoso. Segundo essa teoria, o próprio Deus é o responsável por todas as tragédias e infortúnios que sobrevêm ao homem. Se você crê no destino, de ...

Ler mais

Leitor pergunta sobre a Inquisição

Estou dialogando com um protestante sobre a Inquisição e gostaria de saber mais como tratar deste assunto. - Pedro Savóia Opositores protestantes ou ateus do catolicismo geralmente se referem à Inquisição como se fosse de todo ruim e não teve nada de bom nela. Mas, na verdade, as diversas inquisições, em sua maior parte, eram boas, embora houvesse muitos abusos aqui e ali. Normalmente, porém, os abusos fora ...

Ler mais

“O Deus de todo o consolo” está conosco

“Bendito seja . . . o Deus de todo o consolo, que nos consola em toda a nossa tribulação. — 2 Coríntios 1,3-4. Deus é “o Deus de todo o consolo”. O apóstolo Paulo sabia disso por experiência pessoal. Assim, para o encorajamento de companheiros cristãos, ele escreveu as seguintes palavras animadoras: “Bendito seja . . . o Pai de ternas misericórdias e o Deus de todo o consolo, que nos consola em toda a nossa ...

Ler mais

O que foi o Malleus Maleficarum? A Igreja e a Inquisição o aprovaram?

É uma das acusações mais frequentes em antiteístas antirreligiosos (mormente os anticatólicos), com sua costumeira desinformação sobre temas históricos, Inquisição, etc. de que o "Malleus Maleficarum" foi um "manual da Igreja" para combater "hereges". Vamos ver a veracidade ou não dessas alegações. Escrito por dois teólogos e inquisidores dominicanos, Jacob Sprenger e Heinrich Kraemer, o Malleus Maleficarum ...

Ler mais

Tábua cronológica da história do cristianismo – terceiro século

202 - 6ª perseguição da Igreja, sob Sétimo Severo (198-211). Leônidas, pai de Orígenes (veja 211 abaixo) é martirizado e sua propriedade confiscada. Albano, soldado romano, morre em Verulamium durante esta perseguição, em 209.  Primeiro mártir bretão.  Executado por abrigar um padre cristão. 210 - Minucius Felix, um africano do norte, escreve seu Octavius. Uma apologia da fé cristã, Octavius é notável para ...

Ler mais

Tábua cronológica da história do cristianismo – segundo século

105 - nasce Justino Mártir. Morre em 165. 107 - 3ª perseguição dos cristãos, sob Trajano (98-117). Inácio de Antioquia martirizado em Roma. De acordo com Severo, depois que Trajano descobriu que os cristãos eram inocentes, ele proibiu as crueldades contra eles. Inácio acentuou o papel do bispo local como o enfoque de unidade. Ele afirmou que o bispo era o representante de Deus na Terra. Na época de Inácio, ...

Ler mais

Tábua cronológica da história do cristianismo – o primeiro século

14 - Augusto morreu em 19 de agosto. Em 17 de setembro, o Senado em Roma decreta que Augusto César era um dos deuses, e nomeia Tibério imperador. (Se Lc. 3.1 data o “reinado de Tibério César” deste ano, seu décimo quinto ano foi 28/29 d.C.) 30, 33? - Jesus crucificado e ressuscitado. 39/40 - Filo de Alexandria (15/10 a.C. - 45/50) organizou uma embaixada de judeus de Alexandria para o imperador Calígula (37 ...

Ler mais

Tábua cronológica da história do cristianismo

Esta História do cristianismo foi preparada pelo estudioso R. Grant Jones (a tradução é de Emerson de Oliveira) e é interessante por relatar a história do cristianismo quase ano a ano. É um trabalho gigantesco. As datas são bem aproximadas dos fatos reais e históricos. Por via da enorme quantidade de traduções que tenho que fazer, colocarei aqui os séculos iniciais da História da Igreja. À medida que for tr ...

Ler mais

Quais são alguns exemplos de preconceito que afetam o conhecimento histórico sobre Jesus?

Na postagem anterior, citei a análise horizontes de Mike Licona e seu impacto na interpretação histórica. Nesta postagem, vou voltar para Licona e rever apenas um punhado dos numerosos exemplos que ele dá de horizontes que afetam a análise histórica dos estudiosos. Os estudiosos que Licona cita são afetados por uma forte pressuposição antissobrenatural. Ver esses exemplos concretos deve provar ser bastante ...

Ler mais

Diálogo sobre fé e razão

Sal: ateu/cético.  Chris: cristão. Sal: Chris, antes de continuarmos qualquer conversa a mais sobre o cristianismo, eu tenho que lhe fazer uma pergunta muito básica. Chris: Pergunte. Sal: Você acha que isto vai nos levar a algum lugar, discutindo sobre religião? Chris: O que você quer dizer com "discutindo"? Sal: Lutando com palavras. Chris: Eu não quero fazer isso. Nós somos amigos, não inimigos. O que eu ...

Ler mais

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo